Feeds:
Posts
Comentários

Archive for fevereiro \26\-02:00 2010

Read Full Post »

EM QUE MUNDO QUE VOCÊ VIVE?

Conta uma popular lenda o Oriente Próximo que um jovem chegou à Oásis junto a um povoado e, aproximando-se de um velho, perguntou-lhe:

– Que tipo de pessoa vive neste lugar?

– Que tipo de pessoa vivia no lugar de onde você vem? – perguntou por sua vez o ancião.

– Oh um grupo de egoístas e malvados – respondeu o rapaz estou satisfeito de haver saído de lá.

A isso o velho replicou:

– A mesma coisa você haverá de encontrar por aqui.

No mesmo dia, um outro jovem se acercou do oásis para beber água e vendo o ancião, perguntou-lhe:

– Que tipo de pessoa vive por aqui?

Velho Sábio

(mais…)

Read Full Post »

Somos convidados a refletir sobre os meios de comunicação, e mais especialmente sobre a televisão. A maioria dos lares brasileiros possui um aparelho de televisão e, salvo raras exceções, passa-se muito tempo diante dele, O problema não está no aparelho, e sim na programação que ele apresenta e em quem o assiste, este quase sempre um espectador passivo, com pouco ou nenhum senso crítico. As famílias que conhecemos têm um ou mais aparelhos de televisão? Quanto tempo passam diante dele? Que programas são os mais assistidos?

(mais…)

Read Full Post »

SABEDORIA (1)

SEJA MAIOR QUE SEUS PROBLEMAS

Um pai gostava muito de futebol. Logo que seu primeiro filho começou a engatinhar, deu-lhe uma bola, pois queria brincar com ele, ensinando-o a chutar. Mas, quando ele chutava a bola para o filho e este olhava aquela coisa imensa vindo em sua direção, começava a chorar, desesperava-se e corria da bola. O pai, percebendo que a bola o estava assustando pois era muito grande para o tamanho da criança, resolveu guardá-la e esperar o menino crescer.

(mais…)

Read Full Post »

LOUVOR DE CRISTO

Prestai atenção, caríssimos: o mistério pascal é ao mesmo tempo novo e antigo, eterno e transitório, corruptível e incorruptível, mortal e imortal.

E mistério antigo segundo a Lei, novo segundo a Palavra que se fez carne; transitório pela figura, eterno pela graça; corruptível pela imolação do cordeiro, incorruptível pela vida do Senhor; mortal pela sua sepultura na terra, incorruptível pela vida do Senhor; mortal pela sua sepultura na terra, imortal pela sua ressurreição dentre os mortos.

Ressureição de Cristo

(mais…)

Read Full Post »

SANTO DO MÊS

 

Cátedra de S. Pedro, Apóstolo

(22 de fevereiro)

“Cátedra” significa “cadeira”, assento de honra, usado por quem tem autoridade. Cátedra é, portanto, o símbolo da autoridade e do magistério do bispo. Daí a origem do nome “cátedra”, igreja mãe, sede permanente do pastor. Ao celebrar a Cátedra de S. Pedro, a Igreja reconhece em Pedro seu guia e líder supremo, o símbolo da unidade entre os cristãos. Na Basílica de S. Pedro, em Roma, existe uma cadeira de bronze escuro, ornada de ouro. É a “Cátedra de Pedro”. Foi esculpida por Lourenço Bernini, a pedido de Alexandre VII, em 1663. Encerra em si a antiga cátedra, de madeira e incrustada de marfim que, segundo a tradição, teria sido usada por Pedro, o primeiro papa.
sao-pedro1

São Pedro

Dre

 

 

Read Full Post »

SANTO DO MÊS

S. Pedro Damião

1007-1072 — eremita, bispo e doutor da Igreja — invocado contra os males da cabeça — “Pedro” quer dizer “Rocha”

Verdadeira rocha foi este bispo e doutor da Igreja, S. Pedro Damião, nascido em Romena, no ano 1007. Órfão de pai, passou dificuldades, fome e  humilhações.

Acolhido por um de seus irmãos, conseguiu estudar, mostrando-se inteligente e perspicaz. Entretanto, ao completar os estudos, abandonou tudo e se tornou monge em Fonte Avellana. Ali distinguiu-se como profundo conhecedor da Bíblia e como insigne pregador. Eleito abade de Fonte Avellana, fundou várias comunidades, dirigindo-as com disciplina e promovendo a observância à Regra. Deixou várias obras escritas, entre as quais A vida do bem-aventurado Romualdo. Foi grande colaborador de Gregório VI na restauração dos costumes e disciplinas eclesiásticas. Faleceu no dia 22 de fevereiro de 1072.

Dre

Read Full Post »

O tema da Campanha da Fraternidade 2010 é “Fraternidade e Economia” e o lema é

“Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro” (Mt 6, 24).

O Texto-Base da Campanha insiste que a economia existe para a pessoa e para o bem comum da sociedade, não a pessoa para a economia. O lema da Campanha, a afirmação de Jesus registrada no Evangelho de Mateus: “Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro” (Mt 6,24) nos propõe uma escolha entre os valores do plano de Deus e a rendição diante do dinheiro, visto como valor absoluto dirigindo a vida (Texto-base, p.47). O dinheiro, embora necessário, não pode ser o supremo valor dos nossos atos nem o critério absoluto das decisões dos indivíduos e dos governos. O dinheiro “deve ser usado para servir ao bem comum das pessoas, na partilha e na solidariedade”. Toda a vida econômica deveria ser orientada por princípios éticos. A medida fundamental para qualquer economia é um sistema que deveria criar reais condições de segurança e oportunidades de desenvolvimento da vida de todas as pessoas, desde os mais pobres e vulneráveis. O capitalismo selvagem trabalho no sentido oposto. Não se importa com a destruição da natureza ou com o fato de que está tornando sistêmica a miséria de milhões de famílias.


Read Full Post »

QUARESMA (3)

A Quaresma, tempo de reconciliação.

Quando os cristãos cometiam pecados muito graves e públicos, nos primeiros séculos da igreja, eram excomungados, isto é, eram expulsos da comunidade. Se mais tarde essas pessoas se arrependiam e queriam reconciliar-se com Deus e com a Igreja, não eram readmitidas imediatamente na comunidade. Era preciso que antes fizessem penitências pública, porque também as suas  faltas eram conhecidas por todos. Esta penitência não durava só um dia, mas era bastante prolongada.

Quando foi instituída a Quaresma, também foi usada como tempo de preparação para a reconciliação. Na Quinta-feira Santa, durante a missa presidida pelo bispo, os excomungados, vestindo a roupa penitencial (vestidos com sacos) e com a cabeça coberta de cinzas, se apresentavam à comunidade e declaravam o próprio arrependimento e a vontade de se converter. O bispo ia ao seu encontro e os abraçava um a um.

Este costume da penitência pública aos poucos foi desaparecendo (até porque não eram menos pecadores os que conseguiam guardar em segredo as próprias faltas…), permaneceu, porém, sentido da Quaresma como o tempo durante o qual todos os cristãos são convidados a se aproximar do Sacramento da Reconciliação.

Dre

Read Full Post »

CARNAVAL

O que a Igreja diz do carnaval?

O carnaval, como festa popular e expressão da nossa cultura, é aceito pela Igreja. Inclusive, o carnaval nasceu de hábitos cristãos. Antes de começar o tempo da quaresma, os cristãos faziam festas, comiam carne porque da quarta-feira de cinzas até a Páscoa, ficavam sem comê-la e celebravam a penitência. Carnaval – que significa “é válida a carne”, isto é, pode-se comer carne – tem sua origem ligada à liturgia cristã..

De outra parte, o que ninguém pode apoiar são os abusos do carnaval, tempo em que para muita gente acaba valendo tudo.

Mesmo do ponto de vista cultural, houve uma mudança com a chegada da televisão. O carnaval passou a ser um produto da chamada “indústria cultural”, vendido com um padrão elevado de espetáculo no qual a ética e a moral nem sempre são respeitadas. É só ver os tais bailes de luxo que a televisão mostra a titulo de alegria e de liberdade durante o carnaval.

Resumindo: o cristão passa o carnaval fazendo festa, se divertindo, descansando, sem nunca deixar de ser cristão e de ser fiel a Deus e ao próximo. Tanto outros preferem passar o feriado na oração, em retiros, o que é também uma opção válida.

Dre

Read Full Post »

Older Posts »